Deep cleansing nose strip: Adeus cravos!

Oi pessoal, o post de hoje é um pouco nojento (quem é que gosta de cravos?), mas me sinto na obrigação de dividir essa experiencia com vocês…
Aqueles cravinhos do nariz me da nos nervos, tento acabar com eles de tudo quanto é jeito, mas sempre fica uns teimosos (que ódio). Por isso estou sempre na tentativa frustrada de achar algo que os remova 100% 😉

Pois bem, o Deep Cleansing Nose Strips é um adesivo removedor de cravos, fabricado pela Purederm que promete eliminar os cravos mais salientes da região do nariz.

asprocopio

Segundo a marca: Os adesivos para limpeza profunda PUREDERM são um tratamento cosmético de limpeza de uma única aplicação. Formulado para abrir os poros e remover os pontos negros indesejados. Os adesivos removem a sujeira e o óleo que entopem os poros, deixando a sua pele limpa e macia. Você sentirá uma grande diferença logo depois da primeira aplicação. E o uso continuado dos adesivos para limpeza profunda do nariz funciona para contrair os poros. Mantendo a aparência da sua pele fresca ao tato.”

2013-07-23 21.57.31

Como usar? É bem simples, molhe bem o nariz (a umidade que vai fixar a tira na pele) e aplique o adesivo, alisando as bolhas de ar com o dedo, para que o adesivo pegue toda a superfície. Deixe agir por 15 minutos, o adesivo vai secar e só depois de bem seco você começa a puxar delicadamente as pontas em direção ao centro do nariz.

PicMonkey CollageDSC01657

Meu parecer? Adorei, vale muito a pena. Ele não remove 100% dos meus cravos, pois alguns deles são pequenos demais para se grudarem no adesivo e serem retirados, mas é poderoso e remove a maioria deles. Eu até tirei uma foto de como o adesivo ficou mas achei muito nojento para postar aqui… rs

Onde comprar? Esse foi comprado na Drogaria Iguatemi e custou R$ 26,97 com 6 Strip (adesivos).

E aí pessoal, alguém já conhecia os adesivos dessa marca? Espero que tenham gostado da dica!

Beijos

Você tem duvidas na hora de organizar a mala de viagem?

Oi pessoal, tudo bem?

Na hora de viajar, arrumar as malas pode ser uma tarefa bastante complicada para muitas mulheres… Pensando nisso, no post de hoje, vamos dar algumas dicas básicas que servem para todo e qualquer tipo de viagem. Esta mala, por exemplo, é para uma viagem de aproximadamente 15 dias para Londres e Paris.

Dividindo a mala em “andares” fica tudo mais organizado e fácil de encontrar…

Calças:
Coloque as calças com as pernas esticadas para fora uma de cada lado como na foto abaixo. Atente-se a levar calças de cores neutras já que você tem limitações de peso. Eu por exemplo, estou levanto somente calças azuis e pretas de cortes diferentes. Como complemento para o numero de calças, você pode levar shorts…
calças_asprocopio

Jaquetas:
Como estamos no Verão na Europa, estou levando um trench coat no caso de ventos e/ou chuvas e uma jaqueta mais pesada de couro. Coloque-as logo depois das calças, abertas para distribuir o peso na mala.
PS: Se você for levar um casaco muito pesado vá com ele na mão, não coloque na mala para economizar espaço.
Jaquetas2
jaquetas

Vestidos:
Coloque-os sempre ao avesso e aberto para evitar amassar.
vestidos

Camisas/Camisetas:
O que você vai usar muito são camisas/camisetas. Então selecione as de acordo com as cores das calças.
Camisas

Sapatos:
Faça uma boa seleção de sapatos CONFORTAVEIS e que combine com as roupas que você esta levanto. Por exemplo, escolhi uma sandália fina para algum evento à noite; um peep toe preto com salto quadrado que me permite andar bastante, uma sandália Anabella bege que combina com varias cores de vestido para o dia, uma Alpargata da Crysalis de renda preta (veja como combinar alpargatas aqui) e a famosa Ballasox (vide post). Como vou andar muito, já vou de tênis para não doer o pé.
sapatos
sapatos2

Finalizando a Mala:
Coloque as roupas intimas em saquinhos de pano, para não perdê-las na mala e as coloque por cima das roupas junto com as bolsas que voce vai levar. Eu coloco as bolsas por ultimo e em cima das roupas, porque se acontecer alguma coisa (os sapatos se soltarem), é mais difícil estragar as bolsas do que as roupas…
Depois que terminar de colocar tudo na mala, jogue as pernas das calças que ficou para fora, em cima das roupas, como na foto abaixo.
Ultima

Agora é só curtir a viagem pessoal!!!

Bjs.

Máscara para Cílios – Doll Eye NYX

Doll_Eye

Oi people,

Vocês gostam de cílios poderosos? Então… vem com a tia Lú!!! 😉

Esta semana experimentei esta máscara da NYX Doll Eye (Olho de boneca), pois minha querida e amada máscara da Avon novinha, resolveu que a parte de cima deveria sair não retirando o excesso de produto do pincel e consequentemente ficando inviável para uso. Isto já aconteceu comigo, com as máscaras da Avon, algumas vezes… então, resolvi experimentar algo novo.

Fiquei impressionada com o resultado desta máscara, fica olho de boneca mesmo!!! Apenas 2 passadinhas e voilà!!!

Detalhe: ela não é à prova d’água (para quem não gosta) então é super fácil de tirar depois.

Bjs.

Resenha: A Menina que Roubava Livros

Oi pessoal, a dica de  hoje foge um pouco da proposta do blog… Mas eu não poderia deixar de dividir com vocês, minha opinião sobre um livro que tem muito a ver comigo. Eu sou um tanto quanto obcecada pela Segunda Guerra Mundial. Por isso à escolha do livro “A Menina que Roubava Livros” do Australiano Markus Zusak

blog_asprocopio

“Eu poderia me apresentar apropriadamente, mas, na verdade, isso não é necessário. Você me conhecerá o suficiente e bem depressa, dependendo de uma gama diversificada de variáveis. Basta dizer que, em algum ponto do tempo, eu me erguerei sobre você, com toda a cordialidade possível. Sua alma estará em meus braços. Haverá uma cor pousada em meu ombro. E levarei você embora gentilmente.”

Imagina você ler um livro que a narradora é a morte? Isso mesmo, a narradora do livro é a Ceifadora de Almas surpreendentemente simpática.

Em plena Alemanha nazista, durante a Segunda Guerra Mundial (entre 1939 e 1943), com tantos afazeres, a Morte reserva um tempo para narrar a história de Liesel, uma garotinha, que já esteve cara a cara com a narradora três vezes e saiu viva de todas elas…

Numa parte da história, a morte narra como recebeu a alma de judeus mortos por Hitler:

“Por favor, acredite quando eu lhe digo que naquele dia, peguei cada alma como se fosse um recém-nascido. Cheguei até a beijar alguns rostos exaustos, envenenados. Ouvi seus últimos gritos entrecortados, suas palavras evanescentes. Observei suas visões de amor e os libertei de seus medos. A todos levei embora e se houvesse um momento em que precisei de distração, foi esse. Em completa desolação, olhei para o mundo lá em cima. Vi o céu transformar-se de preto cinza e em cor de chuva. Até as nuvens tentavam fugir, vez por outra, eu imaginava nuvens, sabendo, sem sombra de dúvida, que o sol era louro e a atmosfera interminável era um gigantesco olho azul. Eles eram franceses, eram judeus, e eram você.”

Muito nova, Liesel tem que se despedir de sua mãe de sangue, uma mulher comunista que por não ter condições de criar seus filhos resolve dá-los a adoção. Mas é então que no caminho para a casa dos novos pais, em um trem, ocorre o primeiro encontro da Morte com Liesel, que vê seu irmão cair morto nos braços de sua mãe. E é durante seu enterro que Liesel rouba seu primeiro livro: “O manual do coveiro” é o estopim para uma busca desenfreada pelo saber das palavras.

Liesel chega por fim à rua Himmel, onde passa a viver na casa de Hans e Rosa Hubberman. Ele, um pintor desempregado e acordeonista que ensina à Liesel como ler e escrever; e ela, uma dona de casa rabugenta que “carinhosamente” dá à Liesel o apelido de Saumensch (porca, imprestável).

Liesel tem uma infância comum (pelo menos ao que era comum naquela época pré e durante a guerra). Futebol à tarde, pouca comida, juventude hitlerista (que era na verdade abominada pela menina), acordeão, lavação de roupas e livros.

Grande parte do desenvolvimento de Liesel se dá com a ajuda de Max Vanderburg (um eterno fugitivo, possui respiração silenciosa e se move sem fazer barulho algum), que cometeu um dos maiores crimes que alguém poderia cometer na Alemanha nazista: nascer judeu. Em um ímpeto de desespero o rapaz de vinte e quatro anos procura Hans. É nesse momento em que você simplesmente se apega à família Hubermann. Você se surpreende, assim como a Morte, com “o que os seres humanos são capazes de fazer”.

O segundo encontro acontece anos após ela chegar à rua Himmel. Ocorre após a queda de um avião, nas proximidades da rua Himmel. A cor que a Morte enxerga nessa ocasião é o preto. Uma garatuja formando uma assinatura desordenada contra o céu cinzento. Liesel, nesse período, tem um amigo, morador da mesma rua, com o nome de Rudy Steiner. Era um garoto com cabelos cor de limão e olhos azuis esbugalhados. Fanático por Jesse Owens, tinha como objetivo conseguir um beijo de Liesel. Ela jurou que enquanto ambos estivessem vivos, ela jamais o beijaria.

Já a última vez em que a Morte encontra-se com Liesel, o céu tinha cor de sopa vermelha, borbulhante e móvel, “com migalhas pretas e pimenta riscando a escuridão”. Quem a morte leva? Essa é a melhor parte do livro… 😉

Eu me encantei com o livro antes mesmo de começar a leitura. A frase da capa me chamou a atenção. Eu queria saber o que de tão importante a Morte tinha para contar, e não me decepcionei. Ela me fez chorar diante do horror que era a guerra. Eu chorei (literalmente) com Liesel, compartilhei de sua tristeza frente as atrocidades cometidas pelo nazismo e que por vezes seguidas tinham impacto direto em sua vida.

bloger_asprocopio

PS: Sinceramente seja qual for seu estilo de leitura, acho difícil você não gostar desse livro.

E aí pessoal, quem já leu esse livro? Quero saber a opinião de vocês nos comentários!

Bjs pessoal!

Demaquilante – Vitamin E Cream Cleanser

Cream Cleanser

Bom dia pessoal, tudo bem?

Desculpem-nos a falta de posts… A vida está corrida e está complicado manter a regularidade, de qualquer forma agradeço a vocês que continuam lendo nossos posts.

Você está precisando de um demaquilante bom? Então tenho um produto para te indicar!!!

Recentemente comprei este Vitamin E Cream Cleanser da The Body Shop no free shop por USD 12,00 e gostei muito. A textura é de creme, tem vitamina E, hidrata a pele, sem cheiro (ótimo para pessoas alérgicas) e barato…

Uma das coisas que as pessoas sempre reclamam é que não conseguem retirar as máscaras (rímel) a prova d’água com demaquilantes normais, mas com este consegui sem o menor problema!!!

Então: super aprovado, super recomendo e se algum amigo seu vai passar pelo free shop peça para comprar para você porque vale a pena!!!

Beijos e bom final de semana!!!